Blog

Termos Comuns Utilizados em Implantes

25 de abril

O que é um Implante?

Um implante consiste em um cilindro de Titânio 99,99% puro, usinado, que se comporta como uma raiz dentária artificial. Introduzidos a partir da década de 60, são parafusos colocados nas áreas desdentadas, com capacidade de exercer as funções mastigatórias e funcionais de maneira semelhante à dos dentes naturais.

 

O que é carga imediata?

Procedimento onde o implante é colocado e imediatamente após a cirurgia, coloca-se uma prótese provisória ou definitiva sobre o mesmo. Há casos em que a prótese só é instalada sobre o implante após a cicatrização depois de 4 a 6 meses. O que é enxerto ósseo? Recomendado para pacientes que possuem grande perda óssea. É a colocação de osso em uma região a partir da retirada de osso de outra área doadora, como a boca do próprio paciente, crâneo, costelas, tíbia e osso da bacia. A utilização de enxertos sintéticos também é uma opção.

 

O que é osseointegração?

É a capacidade do osso de se integrar ao implante, reconhecendo o mesmo como parte de suas estruturas, sem que ocorra rejeição.

 

O que é prótese?

É quando um ou mais dentes artificiais são colocados no lugar de um dente natural ou mais dentes. Há próteses removíveis, fixas e próteses suportadas por implantes.

 

O que é prótese removível?

É uma ponte móvel confeccionada para substituir um ou mais dentes (os dentes naturais adjacentes servem de apoio) ou todos os dentes (dentaduras). É preciso removê-las diariamente para uma correta higienização.

 

O que é prótese suportadas por implante?

Podem ser provisórias (permanentes na boca do paciente apenas durante o período de cicatrização do implante) ou definitiva. Ambas são instaladas sobre os implantes e para a higienização não é necessário que sejam removidas.

 

O que é perda óssea?

Acontece a partir do momento em que o dente natural é extraído, seja por causa de um acidente, uma cárie, traumatismo ou outro motivo. O tecido ósseo vai sendo reabsorvido pelo organismo.

 

O que é Titânio?

Metal que não sofre corrosão, do qual os implantes são feitos. O Titânio se integra ao osso, que o reconhece como parte de sua estrutura, sem que aconteça rejeição do organismo.

 

Eu já saio com o implante na boca?

Muitas vezes existe essa possibilidade. Porém está na dependência da quantidade e principalmente na qualidade óssea que varia de cada indivíduo. Em alguns casos há a necessidade de fazer a colocação do implante (parafuso) e esperar de 4 a 6 meses para que ocorra a osseointegração (processo fisiológico no qual o implante se integra ao osso). E no período da osseointegração ( de 4 a 6 meses ) você pode portar uma pequena prótese estética, restabelecendo função e estética. Após este período, monta-se sobre a “raiz de titânio” um dente ( ou grupo de dentes ) que restabelecerão a estética e a função muito semelhantes ao dente natural.

 

Existe rejeição ao Implante?

Não. O titânio é 100 % bio-compatível, ou seja, é totalmente aceito pelo organismo do paciente. A taxa de sucesso de reabilitações com implantes dentários é de 96%. O sucesso, porém depende do planejamento e execução adequado do cirurgião e de fatores inerentes ao próprio paciente como higiene adequada dos implantes, boa saúde geral, ausência de hábitos nocivos ( fumo, álcool) e comparecimento para consultas de manutenção periódicas.

 

Onde posso usar implantes?

Antes da chegada dos implantes, as alternativas para substituir a perda de um ou mais dentes se restringiam às famosas dentaduras e às próteses removíveis (pontes móveis) e fixas. Nos casos das pontes móveis ou das fixas elas trazem malefícios aos dentes remanescentes, exigindo desgaste deles ou submetendo esses dentes a uma carga de mastigação muitas vezes excessiva, o que pode prejudicar e até mesmo gerar a perda de mais um dente. Com os implantes dentários podemos substituir desde um único dente perdido até vários dentes ausentes.

São indicados, principalmente, nos casos de dentaduras superiores e inferiores e para demais próteses removíveis ou fixas, onde se usa os implantes para reter e estabilizar os dentes sobre implante com resultados simplesmente fantásticos.

Voltar